terça-feira, 18 de agosto de 2009

Série Empregos e Empregadores: Redes de fast food

E aí povo intercambista!!! Hehe. Hoje pra dar continuidade com a série de empregadores vamos falar um pouco sobre trabalhos em redes de fast-food. Esse é mais um daqueles lugares que você trabalha muito, muito mesmo, dependendo do seu gerente é claro.

Como um ponto forte deste tipo de posição eu falaria a respeito das suas horas semanais, que são mais garantidas que em uma estação de esqui por exemplo, por não depender tanto de turistas.

Assim como a possibilidade de levar um lanchinho ou outro pra casa (as vezes com consentimento dos gerentes outras vezes não.... hehe) e isso no final das contas pode fazer uma grande diferença porque alimentação é um peso alto nas suas despesas. Dependendo da forma que você encarar é uma oportunidade de aprender não só o inglês como o espanhol, porque a cozinha é um lugar onde muitos mexicanos trabalham então você vai ter contato com mais de uma língua.

Como nem tudo são flores esse é um emprego onde você rala muito, carregando caixas do estoque, preparando alimentos, cortando ingredientes, servindo, limpando as mesas, caixa, enfim você vai se sentir mil e uma utilidades de tantas funções que vão lhe atribuir em tão pouco tempo. Geralmente é um clima de trabalho muito descontraído e você acaba fazendo muitas amizades e passando por momentos muito legais. Em Las Vegas eu trabalhei em um restaurante chamado Earl of Sandwich, uma rede que está espalhada pelos Estados Unidos e é como um Subway. Fica aqui uma dica pra quem estiver indo pra Vegas porque lá eles empregaram muitos brasileiros.

Assim como em lojas de conveniência o seu contato com o cliente é pequeno, porque você vai fazer o trabalho mais pesado. Quando você está no caixa ou na parte onde os clientes fazem os pedidos que o seu contato com o inglês é maior. Se você vai independent essa é uma ótima opção porque sempre rolam vagas, é só você tentar em várias lanchonetes que em alguma com certeza vão abrir espaço pra você, no entanto o salário fixo costuma ser baixo, sendo assim é uma boa opção para segundo emprego. Até a próxima pessoal. Amanhã vamos iniciar uma nova série muito interessante que que vai se chamar: 'Dúvidas Frequentes', não percam!!!

Antônia

9 comentários:

  1. Muito legal esse post! Acho que trabalhar em um fast food seria bem bacana por causa do clima descontraído. :D
    O problema é ficar comendo lanche toda semana, hein? Como a gente faz para fazer exercício fora do país? Tem muitos parques onde podemos correr, dar uma caminhada? Gosto muito dessas coisas porque me relaxa e gostaria de saber como manter o hábito mesmo fora do Brasil :)

    ResponderExcluir
  2. Leandro F. Weigmann19 de agosto de 2009 12:08

    É, sem dúvida esse é um grande problema e o pior de tudo é que voê engorda bastante comendo essas porcarias. Até tem como fazer academia nos EUA, mas não sei se você vai ter tempo e disposição para isso. O trabalho é tão cansativo as vezes que no final do dia tudo o que você quer é chegar em casa e descansar para o dia seguinte.

    ResponderExcluir
  3. adorei o blog!
    uma duvida q eu to, é : os day off sao nos fins de semana? varia de lugar pra lugar? como q é?

    :D

    ResponderExcluir
  4. Leandro F. Weigmann19 de agosto de 2009 17:25

    Ana, primeiramente obrigado. Não querendo te desanimar, mas uma coisa que você não vai ter é day off nos finais de semanas, pois é justamente neles que o movimento nos restaurantes, bares, hotéis, etc é alto. Os dias mais fracos são segundas e terças que são também os dias mais comuns de day off. Sempre vale lembrar que isso não é uma regra e sim o que acontece na maioria das vezes. Como você mesma falou, varia de lugar para lugar e de empregador para empregador. Espero ter ajudado, até a próxima!

    ResponderExcluir
  5. O blog realmente é muito bom! Agradeço a iniciativa, pois muitos dos posts e comentários feitos me ajudaram e continuam ajudando a me guiar nesse novo momento da minha vida. Afinal, é a primeira vez que saio do país e acredito que será uma experiência única. Vou trabalhar no KFC [Kentucky Fried Chicken] em Bismarck, Dakota do Norte.. gostaria de saber se alguém conhece essa rede de fast food ou se conhece alguém que já trabalhou por lá.. só pra eu ter uma noção daquilo que vou enfrentar. Obrigado pelas informações! Bruno F. C.

    ResponderExcluir
  6. Leandro F. Weigmann19 de agosto de 2009 18:15

    Obrigado Bruno. Não conheço ninguém que trabalhou lá, mas frequentei bastante o KFC e posso dizer para você que o trabalho vai ser duro. Eles são bem famosos nos EUA e estão sempre com o movimento, claro que isso varia de cidade para cidade, a demanda é proporcional, mas posso te dizer que em Orlando era sempre lotado. Em breve estaremos montando uma rede de contatos com pessoas que fizeram o work and travel e vocês poderão consultar essas pessoas. Sorte para você e continue nos acompanhando! Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Ae Leandro, muito manero o blog!
    E com esse post eu acabei ficando com uma duvida...como estou pensando em ir para vegas no final do ano, eu gostaria de saber quantas horas +- você trabalhava no fast food? e dependendo( se for muitas horas), como faria para arranjar um second job com tao pouco tempo disponivel?
    Nao sei se minha pergunta foi clara, mas me da uns toques ae se voce entendeu!
    vlw
    abraco

    ResponderExcluir
  8. E ai Felipe, obrigado! Em média trabalha-se de 32 a 40 horas por semana no work and travel, variando de empregador para empregador. Eu trabalhei em um restaurante e uma estação de esqui (ver post nossas esperiências). No restaurante eu trabalhava cerca de 40h horas por semana e na estaçao de esqui por volta disso também. Nos feriados eu trabalhava muito mais, cerca de 45 até 50 horas por semana. Eu por exemplo optei em não ir atrás do scond jog, preferi ficar com um emprego somente. Isso depende muito do você está buscando no seu intercâmbio (ver post objetivos do intercâmbio). Conheci pessoas que tinham 2 e até 3 empregos. Os caras se matavam e só tinham tempo para dormir. Percebi que essas pessoas deixaram de curtir mais o programa e não queria isso para mim. Mas como falei, depende do que está buscando. Abraço!

    Leandro

    ResponderExcluir
  9. Oi pessoal!! Quero primeiro parabenizar pelo blog, tem mtas dicas interessantes. Bem, vou fazer meu primeiro intercambio, e começei c/ o pé direito, vou ser mc escrava, rs. Foi a unica coisa q consegui, tanto pq fui a ultima da feira de empregos, qto pelo nivel do meu ingles, q sinceramente não é um dos melhores. Não conheço ngm q teve experiencia de trabalho lá, por isso to meio tensa e meio receosa do q posso encontrar lá. Fora isso acho q vai ser uma experiencia extremamente valida e inesquecível, pretend aproveitar cada segundo pra melhorar o meu inglês. Se vcs saberem como é o trabalho lá, eu agradeceria mto, pois já vou me preparando para o pior..rsrs
    Ah, e pra completar o Md donald`s fica numa cidade avulsa, chamada Chalfont, PA. Se vcs tiverem alguma informação sobre esse lugar, seria mto util. Bjuus e obrigada

    ResponderExcluir